quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Qual é o melhor GPS? (Marca, Modelo, Preço, etc...)

img7


Se você deseja comprar um bom aparelho de GPS com o melhor custo-benefício do mercado, está no lugar certo! Acompanhe na matéria abaixo, tudo o que você precisa saber para efetuar uma excelente escolha na hora da compra!

Você verá nessa matéria:

- Fatores a serem considerados na compra
- Modelos recomendados
- Marcas não recomendadas

Fatores a serem considerados na compra


Tamanho da tela, capacidade de detectar radares, cálculo de rota, etc... são algumas das características que devemos levar em conta na análise de cada GPS. Dentre os principais aspectos a serem considerados, listamos os principais:

Preço

img9


Esses aparelhos, cujo preço costumam variar da faixa de R$ 250 a até R$ 1.000, oferecem um número cada vez maior de ferramentas. Quanto mais funcionalidades (que por muitas vezes são desnecessárias) o aparelho possuir, mais caro ele obviamente será. Tudo vai depender do seu padrão de uso e necessidade.

Bluetooth, MP3 Player, DVD Player e Câmera de ré são os principais itens inclusos no aparelho que podem aumentar consideravelmente o valor da compra.

Alguns modelos incluem mapas de outros países além do Brasil, o que aumenta o valor do aparelho. Não há necessidade de pagar a mais por algo que não irá usar, a não ser que for transitar em outro país.

Menu

img5


Não conseguir achar nada em seu GPS certamente o fará se arrepender amargamente por comprá-lo. Por isso, a primeira coisa a ser analisada é o menu do aparelho. Quando você estiver na loja vendo os modelos, escolha aquele em que você se sentiu mais confortável navegando no menu. A facilidade de uso, ou seja, a qualidade do menu e sua resposta, sua estrutura, layout, ícones de explicações e tamanho dos botões farão toda a diferença.

Rota completa e personalizável

img8


Na loja, peça para o vendedor os aparelhos que oferecem "Opções de rotas". Prefira os que são possíveis de visualizar toda a rota num panorama completo do início ao fim dela. Verifique também se existe um planejador de percursos, pois assim ele irá lhe sugerir as alternativas de rotas e os obstáculos que podem estar inseridos no trajeto.

Touch-screen de qualidade

img1


Opte por touch-screen de qualidade e comprove na hora da compra a velocidade de resposta e a precisão.

As telas touch-screen dos GPSs são de tecnologia resistiva. Isso significa que elas não permitem o multitoque (uso de dois dedos para ampliar a imagem como em um celular). Além disso, essa tecnologia é mais lenta se comparada à capacitiva, usada em celulares e em outros aparelhos touch-screen mais modernos. A tela resistiva é mais barata do que a capacitiva, o que contribui para que o consumidor pague um menor preço pelo GPS.

Evite o GPS que é necessário pressionar com força a tela para responder aos comandos.

Navegação fluída e auto-explicativa

img2


O quesito qualidade de navegação é extremamente importante pois é através dele que você saberá como o GPS se comporta ao levar o motorista até o seu destino. Nesse caso, fique atento aos seguintes pontos:

– Considere todas as informações dadas pelo GPS e mostradas na tela (tempo e distancia total de trajeto, tempo e distancia restantes de trajeto, velocidade do veículo, etc).

– Verifique as informações em estradas, em áreas urbanas, assim como o volume, se a voz é compreensível e se as informações são dadas na hora certa (com mais de 300 metros de antecedência).

– Averigue a precisão do calculo até a chegada ao destino. Também avalie a capacidade do GPS em fazer o recálculo da rota, caso o motorista sair do percurso calculado (podendo variar de 6 a 17 segundos, quanto menor melhor é). E como você não poderá sair com seu carro testando essas característica, este teste pode ser feito no momento da compra com o simulador de rotas do próprio aparelho.

Suporte à mapas

img4


Os aparelhos fornecem dois tipos de valores em relação a cidades: 

• Abrangidas (ou também chamadas de cobertas) e;
• Auditadas (ou também chamadas de mapeadas). 

Considere como prioridade, o número de cidades auditadas, ou seja, as regiões em que o aparelho possui instruções visuais e de voz e que foram realmente mapeadas. Isso facilitará muito a sua vida caso precise encontrar um ponto de interesse, como posto de gasolina ou hospital. As cidades abrangidas/cobertas apenas são reconhecidas pelo GPS, mas não existe o mapeamento das ruas.

Funções do aparelho

Caso esteja disposto a pagar um pouquinho mais por um aparelho mais incrementado de funções e serviços, veja dentre todas as ferramentas disponíveis no mercado, aquelas que consideramos mais úteis.

Bluetooth - Ferramenta importante de segurança, permite que o celular configurado seja atendido pelo GPS, deixando o motorista livre para falar com as mãos ao volante. No entanto, muitos aparelhos ainda não o trazem – A marca Garmim oferece essa tecnologia.

Text-to-speech (TTS) - Ferramenta importante de acessibilidade, permite que os aparelhos tenham além dos comandos gravados por um locutor profissional, possibilidade da reprodução do nome das ruas e avenidas. Isto nos dá inúmeras possibilidades se integrado com um sistema de leitura de e-mails, previsão do tempo, transito, etc....

Câmera de ré - Ferramenta importante de segurança, permite o condutor estacionar de forma mais precisa em lugares que provavelmente não seria possível a olha nu .

Modelos recomendados


Dentre todas as orientações, você enfim verá quais marcas e modelos de aparelhos poderão estar dentre suas opções de compra. Abaixo segue um ranking dos melhores GPSs do mercado atualmente.

As melhores marcas do mercado

Atualmente existem duas marcas que dominam quando o assunto é navegação comercial por GPS. Tanto uma quanto a outra são de extrema qualidade e suporte ao cliente. São elas:

Tom Tom - http://www.tomtom.com/pt_br/
Garmin - http://www.garmin.com/br/

Os modelos recomendados

Seguem alguns aparelhos, que em nosso ponto de vista, são opções seguras de compra. Essa é uma classificação média de uma análise considerando o custo-benefício. Os preços são aproximados e as características são parciais (destacamos as relevantes). Você pode visualizar no site do fabricante as especificações por completo.


img6


Classificação: Ótimo
Marca: Garmin
Modelo: nüvi® 52
Preço: ~ R$ 449,00
Características: LDC e touch-screen de qualidade, indicador de limite de velocidade, opções de rotas, TTS, Tela 5" e garantia de mapas recentes (veja aqui).


img3


Classificação: Ótimo
Marca: Tom Tom
Modelo: VIA 1600
Preço: ~ R$440,00
Características: Tela 6", TTS, opções de rotas, navegação fluída, menu amigável, informações de velocidade e distância, garantia de mapas recentes (por 90 dias a partir da compra), IQ Routes, LCD e touch-screen de qualidade.

img10


Classificação: Ótimo
Marca: Tom Tom
Modelo: XL-335
Preço: ~ R$370,00
Características: Opções de rotas, navegação fluída, menu amigável, informações de trânsito, garantia de mapas recentes (por 90 dias a partir da compra), Tela 4.3", TTS, IQ Routes, LCD e touch-screen de qualidade.



img11


Classificação: Bom
Marca: Mio
Modelo: Moov M400
Preço: ~ R$ 299,00
Características: Duração da bateria até 4 horas, Tela de 4.3", TTS, indicador de limite de velocidade, opções de rotas, fácil utilização e interface intuitiva, mapas Brasil + Argentina, reconhece satélites e calcula/recalcula rotas rapidamente.


Marcas não recomendadas


Multilaser - Por quê? LCD inferior, com carcaça robusta, touch-screen ruim, com plataforma Sygic não amigável e interface não muito atraente. Demora para encontrar o sinal dos satélites e quando o faz, perde facilmente. Assim, a perda de sinal e a dificuldade de usar a tela sensível ao toque são as falhas mais gritantes.

Powerpack - Por quê? Sinal do satélite ruim. Precisão duvidável. Informa ao condutor posições depois de ter passado do ponto.

Apontador - Por quê? Com exceção de alguns modelos, não possui informações consistentes de mapeamento. Rotatórias e trevos não atualizados desorientam os condutores, mesmo após atualização.

Conclusão


Ele faz parte da vida de muita gente, e há quem não consegue sair de casa sem esse aparelho. Porém, é preciso estar atento ao uso do GPS. Apesar dos constantes upgrades feitos pelos fabricantes, sobram relatos de pessoas que rodaram na contramão e até mesmo por vias com problemas de segurança.

Então fica a dica: Não dependa totalmente de seu GPS! 

Procure saber com antecedência seu destino. Não descarte o diálogo pessoal com quem já foi até lá ou com alguém de confiança que saiba lhe indicar como se chegar!

Boa viagem a todos!

Atenciosamente,
Atualizar IGO